7 filmes que empreendedores não podem deixar de assistir

Quando vemos um filme podemos nos identificar de imediato com os personagens, mas também podemos usar aquela história para nos inspirar e ajudar a enfrentar situações futuras.

Felizmente, a sétima arte tem um vasto repertório de roteiros que mostram os caminhos tortuosos, as vitórias e lições importantes na vida dos empreendedores. Confira no post de hoje sete filmes que todo gestor não pode deixar de assistir.

Cidadão Kane (1941)

Obra-prima de Orson Welles, o filme conta a trajetória de Charles Foster Kane, menino pobre do interior que virou um magnata das comunicações. Como ele conseguiu isso? É aí que surge o interesse dos empreendedores.

Só podemos dizer que a ousadia e a capacidade de ver coisas que a maioria não vê ajudaram muito o empresário nessa subida ao topo.

O Poderoso Chefão (1972)

Se formos falar de clássicos não podemos deixar de pensar na vida da família Corleone e o império que construíram. A trilogia do Poderoso Chefão, de Francis Ford Coppola, é sempre lembrada como um dos melhores filmes de todos os tempos.

Os métodos nem sempre foram éticos e dentro da legalidade, mas muitas lições podem ser tiradas do filme: saber em quem confiar, cobrar resultados e manter um excelente network — elementos essenciais ao bom empreendedor.

Jerry Maguire – A Grande Virada (1996)

O título já é bem explicativo sobre o porquê de ser um filme ótimo para empreendedores. Maguire, vivido por Tom Cruise, é um agente esportivo de talento reconhecido. Só que um dia resolve se jogar de cabeça no que realmente acredita. De início, sofre as consequências. Perde tudo, mas consegue dar a grande virada.

Acompanhar a sua trajetória é um aprendizado sobre superar desafios.

À Procura da Felicidade (2006)

Baseado em uma história real e estrelado por Will Smith. Um pai de família que se vê sozinho, sem emprego, com seu filho de 5 anos, aceita um estágio não remunerado. Com muita dedicação passou a ganhar a vida dignamente e abriu a própria empresa.

A maior lição do filme é não desistir diante dos desafios, mesmo que pareçam difíceis demais para serem superados.

O Discurso do Rei (2010)

Ele era rei e tinha uma séria limitação: era gago e não conseguia falar em público. Apesar disso, tinha todas as qualidades que o cargo poderia exigir. Foi por meio de métodos alternativos e terapia que consegue atingir seus objetivos.

Procurar ajuda e trabalhar os pontos fracos são caminhos naturais para se chegar onde quer. Destaque especial para a atuação de Colin Firth (o rei) que acabou sendo agraciado com o Oscar.

O Homem que Mudou o Jogo (2011)

Você quer ou não fazer diferença? Essa deveria ser uma questão a ser pensada constantemente por todos os empreendedores. Billy Beane (vivido por Brad Pitt) acreditou que sim e como técnico de uma equipe pequena liga de baseball não se deixou abater pelo fato de perder sempre seus melhores jogadores para os times grandes.

Com estratégia, conseguiu organizar uma equipe capaz de superar a qualidade técnica e o poderio financeiro das demais instituições esportivas. Tudo isso porque ele adorava repetir “Eu odeio perder”. É ou não uma ótima lição para empreendedores?

O Palhaço (2011)

Benjamin (Selton Melo) é um pequeno empresário desanimado e deprimido com a vida que leva. É palhaço junto com o pai no Circo Esperança que percorre o interior do Brasil. A empresa é familiar e a situação financeira não vai nada bem.

Sabe aquela fase que você se questiona se fez a escolha certa? Será que não era melhor ter um emprego com salário todo mês e não ter todas essas responsabilidades em relação aos funcionários? A resposta ele encontra no fim do filme de maneira emocionante.

E você, já viu algum desses filmes? Compartilhe com a gente a sua opinião sobre algum filme que acha que vale a pena ser visto por todos os gestores!